Compartilhar: Porque é importante a questão da humanidade de JESUS

5 maio by Irmãos em Contagem

Compartilhar: Porque é importante a questão da humanidade de JESUS

Pelo irmão Cleiton em 05/05/2013

O Caráter santo de Jesus

Tiago 1:13-14 – Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Tito 1:2 – Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos;

Hebreus 7:24-28 – Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo. Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.

1 João 3:9 – Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a Sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

Hebreus 13:8 – Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.

Lucas 3:22 – E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.

Jesus existia desde a eternidade:

– Miqueias 5:2 – E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.

– Hebreus 7:3 – Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.

João 8:56-58 – Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se. Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Abraão? Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.

Isaías 9:6 – Um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

João 1:14 – E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

Ele assumiu a condição humana.

Porque Adão se vendeu ao pecado, todos os dele nascidos são pecadores. Para que fosse resolvida a questão do pecado da raça, outro humano tinha que vencer o pecado na carne.

Filipenses 2:6-9Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; 

Ele nos restaurou a Deus

Gálatas 3:13 – Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Romanos 5:18-19 – Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.

Ele foi 100% homem sem deixar de ser 100% Deus

Jesus assumiu completamente a humanidade, tornando-se passível das mesmas limitações físicas e psicológicas comuns a todos os homens. A realidade de sua humanidade garante que sua morte é aplicável a todos os seres humanos.

 Seu nascimento

Lucas 2:4-7 – E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

Seu crescimento

Lucas 2:52 – E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.

Teve Alma – Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo. Mateus 26:38

Teve espírito – E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. Mateus 27:50

Suas limitações físicas

Sentia fome – E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; Mateus 4:2

Sentia sede – Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede. João 19:28

Ficava cansado – E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta. João 4:6

Sofria a dor – E, tendo dito isto, um dos servidores que ali estavam, deu uma bofetada em Jesus, dizendo: Assim respondes ao sumo sacerdote? Respondeu-lhe Jesus: Se falei mal, dá testemunho do mal; e, se bem, por que me feres. João 18:22-23

Sua percepção pelos homens – Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho. E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer? Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel; O que ele tomou, e comeu diante deles. Lucas 24:39-43

Sua morte – E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou. Lucas 23:46

Esta é talvez a suprema identificação de Jesus com a humanidade, pois sendo Deus não poderia morrer, mas ao assumir plenamente a humanidade, torna-se sujeito a possibilidade da morte.

Quanto ao Caráter Emotivo

Sentia emoções (Mt 9:36; 14:14; 15:32; 20:34):

Sentia tristeza e angústia (Mt 26:37)

Sentia alegria (Jo 15:11; 17:13; Hb12:2)

Sentia indignação (Mc 3:5; 10:14)

Sentia ira (Mt 21: 12,13)

Se surpreende (Lc 7:9; Mc 6:6):

Se sente atormentado (Mc 14:33):

Sentiu a solidão: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” (Mc 15:34),

Se comove e chora (Jo 11:33,35,38):

A impecabilidade de Jesus

E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.  Lucas 1:35

1 João 3:9 – Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a Sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.  Hebreus 4:15

Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente.  João 6:68-69

E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.

1 João 3:5

Aquele que não conheceu pecado, Ele o fez pecado por nós; para que Nele fôssemos feitos justiça de Deus.  2 Coríntios 5:21

O príncipe deste mundo se aproxima e ele nada tem em Mim -Jo 14:30.

Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.  Tiago 1:13-14

Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;  Hebreus 7:26

A Sua imutabilidade garante a Sua impecabilidade.

 A deidade e a humanidade de Jesus reunidas em um único ser

Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. Gálatas 4:4-5

E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória. 1 Timóteo 3:16

Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;  Filipenses 2:6-7

Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade; Colossenses 2:9